quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Paulo Coelho - Guerreiros da Luz


Um guerreiro da luz sempre faz algo fora do comum. Pode dançar na rua enquanto caminha para o trabalho. Ou olhar nos olhos de um desconhecido e falar de amor à primeira vista. Um guerreiro de vez em quando expõe uma ideia que pode parecer ridícula, mas na qual acredita. Os guerreiros da luz se permitem tais dias. Ele não tem medo de chorar mágoas antigas, ou alegrar-se com novas descobertas. Quando sente que chegou a hora, larga tudo e parte para sua aventura tão sonhada. Quando entende que está no seu limite de sua resistência, sai do combate, sem culpar-se por ter feito uma ou duas loucuras inesperadas. 
Um guerreiro não passa seus dias tentando representar o papel que os outros escolheram para ele. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário