quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Paulo Coelho - Guerreiros da Luz


Escreva de novo o que já lhe disse: O guerreiro da luz precisa de tempo para si mesmo. E usa este tempo para o descanso, a contemplação, o contacto com a Alma do Mundo. Mesmo no meio de um combate, ele consegue meditar. Em algumas ocasiões, o guerreiro senta-se, relaxa, e deixa que tudo que está acontecendo ao seu redor continue acontecendo. Olha o mundo como se fosse um espectador, não tenta crescer nem diminuir - apenas entregar-se sem resistência ao movimento ao seu redor. Aos poucos, tudo que parecia complicado começa a tornar-se simples. E o guerreiro se alegra. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário