sábado, 20 de setembro de 2014

Paulo Coelho - Guerreiros da Luz


Um guerreiro não anda com quem lhe quer fazer mal. E tampouco é visto em companhia daqueles que lhe desejam "consolar". Evita quem só está ao seu lado em caso de derrota. Estes falsos amigos querem provar que a fraqueza compensa. Sempre trazem más notícias. Sempre tentam destruir a confiança do guerreiro - sob o manto da "solidariedade". Quando o vêem ferido, desmancham-se em lágrimas, mas - no fundo do coração - estão contentes porque o guerreiro perdeu uma batalha. Não entendem que isto é parte do combate. Os verdadeiros companheiros de um guerreiro estão ao seu lado em todos os momentos, nas horas difíceis e nas horas fáceis.


Nenhum comentário:

Postar um comentário