sábado, 20 de setembro de 2014

Paulo Coelho - Guerreiros da Luz


Quando o momento do combate se aproxima, o guerreiro da luz está preparado para todas as eventualidades. Analisa cada estratégia, e pergunta: "o que eu faria se tivesse que lutar comigo mesmo?" Desta maneira, descobre seus pontos fracos. Neste momento, o adversário se aproxima; traz a bolsa cheia de promessas, tratados, negociações. Tem propostas tentadoras e alternativas fáceis. O guerreiro analisa cada uma das propostas; também procura um acordo, mas sem perder a dignidade. Se evitar o combate, não o fará porque foi seduzido - mas porque achou que esta era a melhor estratégia. Um guerreiro da luz não aceita presentes de seu inimigo. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário