quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Paulo Coelho - Guerreiros da Luz


Um guerreiro da luz nunca se acovarda. A fuga pode ser uma excelente arte de defesa, mas não pode ser usada quando o medo é grande. Na dúvida, o guerreiro prefere enfrentar a derrota e depois curar suas feridas - porque sabe que, se fugir, está dando ao agressor um poder maior do que ele merece. 
Ele pode curar o sofrimento físico, mas será eternamente perseguido por sua fraqueza espiritual. 
Diante de alguns momentos difíceis e dolorosos, o guerreiro encara a situação desvantajosa com heroísmo, resignação, e coragem. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário