quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Paulo Coelho - Guerreiros da Luz


Um dia, sem qualquer aviso, o guerreiro descobre que luta sem o mesmo entusiasmo de antes. Continua fazendo tudo fazia, mas cada gesto parece que perdeu o sentido. Neste momento, ele só tem uma escolha: continuar praticando o Bom Combate. Faz as suas preces por obrigação, ou por medo, ou seja lá por que motivo for - mas não interrompe o seu caminho. Sabe que o anjo Daquele que o inspira está dando um passeio. O guerreiro mantem a atenção voltada para sua luta, e insiste - mesmo quando tudo parece inútil. Daqui a pouco o anjo retorna, e o simples barulho de suas asas fará com que tudo volte a ser como era.


Nenhum comentário:

Postar um comentário