terça-feira, 23 de setembro de 2014

Paulo Coelho - Guerreiros da Luz


Um guerreiro da luz muitas vezes desanima. Acha que nada tem a emoção que ele esperava despertar. Muitas tardes e noites é obrigado a ficar sustentando uma posição conquistada, sem que nenhum acontecimento novo venha lhe devolver o entusiasmo. Seus amigos comentam: “talvez sua luta já tenha terminado.” O guerreiro sente dor e confusão ao escutar estes comentários porque sabe que não chegou onde queria. Mas é teimoso, e não abandona o que decidiu fazer. Então, quando menos espera, uma nova porta se abre. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário