sábado, 20 de setembro de 2014

Paulo Coelho - Guerreiros da Luz


Um guerreiro da luz está sempre vigilante. Não pede permissão aos outros para segurar sua espada; simplesmente a toma nas mãos. Tampouco perde tempo explicando seus gestos; fiel às determinações de Deus, ele responde pelo que faz. Olha para os lados, e identifica seus amigos. Olha para trás e identifica seus adversários. É implacável com a traição, mas não se vinga; apenas afasta os inimigos de sua vida, sem lutar com eles além do tempo necessário. Um guerreiro não tenta parecer; ele é. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário