quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Paulo Coelho - Guerreiros da Luz


"Quando tenho o arco esticado", diz Herrigel ao seu mestre zen , “chega um momento em que, se não disparo imediatamente, sinto que vou perder o fôlego". "Enquanto você tentar provocar o momento de disparar a flecha, não irá aprender a arte dos arqueiros", diz o mestre. " A mão que estica o arco deve abrir-se como a mão de um menino. O que as vezes atrapalha a precisão do tiro, é a vontade demasiado ativa do arqueiro”. 
Um guerreiro da luz às vezes pensa: “aquilo que eu não fizer, não será feito”. Não é bem assim: ele deve agir, mas deve também deixar que o Universo atue em seu devido momento. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário